Dicas grátis, humor, imagens, diversão, notícias...

quinta-feira, 5 de julho de 2012

CANDIDÍASE PENIANA, SINTOMAS E TRATAMENTO




 O que é candidíase? 
A candidíase é uma infecção de qualquer uma das espécies de fungo da categoria Candida, das quais a Cândida albicans é a mais comum. Candidíase engloba infecções que variam desde superficiais, como afta e vaginite, até doenças sistêmicas que podem ser potencialmente fatais. As formas de apresentação mais graves de candidíase são chamadas candidemia e geralmente afetam somente pessoas que estão com o sistema imunológico muito enfraquecido, como pacientes com que estão com câncer, AIDS ou que sofreram cirurgia de transplantes
Os casos de candidíase no homen são muito mais comum do que se pensa, o fato de alguns não aparecerem sintomas com a mesma frequência da mulher não significa que não está com cândida, ela geralmente é causada pelo fungo (cândida albicans). Quando o crescimento do fungo é exagerado, inflamações aparecem no pênis, na glande (cabeça do pênis) e também na pele que recobre o pênis que é aquela parte mais fina que recobbre o pênis




  • prurido (pode ser bastante forte)


  • lesão ou erupção cutânea
  • manchano pênis
  • mácula ou pápula no pênis
  •  o pênis pode apresetar vermelhidão
  • pode apresentar escamas
  • pode apresentar lesões semelhantes a vesículas ou a espinhas


  • Causas da candidíase peniana: Na candidíase peniana as causas incluem intercurso sexual com alguém infectado, imunidade baixa, antibióticos e diabetes. Candidíase peniana é bem menos comum do que na vagina, sendo a mulher bem mais afetada do que o homem.

    Tratamento da candidíase:

    A higiene é vital para o tratamento da candidíase cutânea. Deve-se manter a pele limpa e seca . A exposição ao ar livre ajuda a secar a pele.

    Comentários
    5 Comentários

    5 comentários :

    erick disse...

    tem algum tipo de pomada ou remedio pra tomar ou passar na glandula de tyson pra acabar com as bolhinhas

    José carlos disse...

    Amigo Érick, é comum os médicos recomendarem o creme CANDICORTE, que tem boa eficácia. Consulte seu médico sobre...

    Gabriel disse...

    Acho que estou com esse problema, mas já faz um bom tempo... Como não parecia nada sério, resolvi deixar de lado... Isso pode causar algum problema mais sério futuramente? E posso usar sem medo o creme Candicorte?
    Obrigado.

    Alan Santana disse...

    Um tempo atrás comecei a sentir muita coceira no pênis e logo depois surgiu uma vermelhidão, um pouco de inchaço e apareceu uma massinha tipo sebo, procurei um urologista e na análise visual dele tratava-se de fungos. Receitou uma pomada chamada Candicort e o comprimido Fluconazol 150ml para fazer tratamento por 7 e 14 dias. Fiz o tratamento e os sintomas melhoraram, mas uma semana após o fim do tratamento os sintomas retornaram. Voltei ao médico e ele pediu para repetir o tratamento, sendo que ocorreu a mesma coisa, os sintomas voltaram.
    Continuei utilizando apenas a pomada e percebi que meu pênis estava diferente, mais embranquecido e após as relações sexuais sentia uma forte ardência como estivesse ferido.
    Decidir procurar outro urologista e expliquei toda a história, ele passou a pomada Baycuten-N e o comprimido Miconal 100mg para usar 7 e 4 dias, entretanto fez um alerta, este tipo de fungos sempre volta, a única solução seria a retirada total da pele que cobria a glande do pênis com a cirurgia chamada de postectomia radical. Falei a ele que eu já tinha feito esta cirurgia quando criança, mas ele explicou que desta vez seria retirada toda a pele que cobria a glande do pênis e que ele ficaria aberto o tempo inteiro evitando a umidade e o surgimento de fungos.
    Utilizei o medicamento que ele receitou por um período, mas parava de usar os sintomas voltavam. Então resolvi retornar para o médico, ele insistiu dizendo que a solução definitiva seria a cirurgia e que outros tipos de tratamento não resolveria totalmente o problema.
    Cheguei a marcar a data da cirurgia, mas fiquei com medo de como ficaria a aparência do meu pênis, então resolvi procurar outro urologista para escutar outra opinião, na consulta ele examinou o pênis e falou que a primeira cirurgia que eu já tinha feito era para ter sido retirado toda a pele, mas que para resolver o problema com os fungos era para eu seguir tais recomendações:

    Durante 15 dias ficar 24 horas com gases amarrada na glande do pênis, impedindo que a pele fechasse;
    Durante estes 15 dias poderia usar qualquer uma das pomadas que os outros médicos já haviam receitados;
    Usar apenas sabonete neutro;
    Mesmo depois dos 15 dias, após urinar deixasse o pênis por um período aberto;
    Lavar e secar sempre o pênis várias vezes ao dia;
    Não ficar muito tempo com roupa molhada;
    Evitar excesso de açúcar;
    Após as relações sexuais ou masturbação, sempre lavar o pênis;
    Usar camisinha.

    Já fazem 6 meses que que comecei a seguir estas orientações, mas não sentir mais a coceira e nem a vermelhidão, apenas o inchaço que as vezes aparece. Como os sintomas quase sumiram, desistir de fazer a cirurgia.

    Então, este é o meu relato do meu problema com fungos no pênis e como conseguir acabar com os sintomas.

    Unknown disse...

    Muito bom o relato do Alan Santana.. É bom que todos que tivessem experiência com esse tipo de fungo, compartilhassem. Comigo aconteceu tudo muito semelhante ao Alan. Enfim, vou falar sobre essas recomendações com meu médico E tentar seguir. É muito importante o corte de açúcar desnecessário da dieta, pois eles alimentam a cândida.

    Postar um comentário

    Comente se achou interessante!

    Não encontrou o que procurava? Busca Google aqui

    coisas pra ver Copyright © 2011 | Template created by O Pregador | Powered by Blogger