A APRESENTADORA NORTE-AMERICANA BILIONÁRIA, OPRAH WINFREY DIZ TER SIDO VÍTIMA DE RACISMO



A apresentadora norte-americana Oprah Winfrey, conta que queria comprar uma bolsa de cerca de 37 mil dólares, mas a funcionária se recusou alegando que era 'muito cara'. 
Oprah Winfrey, apresentadora popular e atriz, afirmou publicamente que ela foi vítima de racismo em uma boutique de luxo na Suíça.

Considerado pela revista Forbes uma das mulheres mais ricas e influentes do mundo, a atriz viajou em julho passado até Suíça para assistir ao casamento da cantora Tina Turner.
Lá, mais especificamente em Zurique, entrou em uma boutique de luxo e pediu a uma balconista para mostrar-lhe uma bolsa específica, e recebeu uma resposta negativa. "Não, essa bolsa é muito cara, agora eu vou lhe mostrar outra mais barata", foi sua resposta, conforme explicado por Oprah em um programa de TV na noite passada quarta-feira. A bolsa em questão custou 35.000 francos, cerca de 37 mil dolares, e estava exposta em um balcão de vidro por medida de segurança. 
Na CBS Entertainment Tonight, a apresentadora confessou que passou várias idéias na sua cabeça, mas no final não realizou qualquer uma delas. "Eu poderia ter comprado toda aquela loja" mas percebeu que se fizesse isso,a vendedora receberia uma comissão enorme.



O dono da loja explicou que toda a história nasceu de um mal-entendido, então o secretário sugeriu a Oprah para acompanhá-la até o último andar, onde ficavam outras bolsas semelhantes, mas ela não estava mais interessada, de acordo com o jornal suíço Blick.





Postar um comentário

Regras dos comentários:
-Todos os comentários serão moderados
- Não xingue, não ofenda
- Pode deixar seu endereço de site ou blog, mas não o link do mesmo, obrigado.