OUVIR MÚSICA MUITO ALTO PODE COMPROMETER A AUDIÇÃO?



Mais de um bilhão de jovens no mundo estão ameaçados por perturbações acústicas porque escutam música muito alto, alerta a Organização Mundial de Saúde (OMS). O nível de ruído em shows e boates são muitas vezes demasiado elevadas, como a intensidade dos dispositivos de áudio acústicos e smartphones.
Segundo os dados recolhidos pela OMS, cerca de 50% dos jovens entre 12 e 35 anos de países de alta e média renda estão expostos a níveis de ruído excessivos.
Esses níveis são da ordem de 85 decibéis por oito horas contínuas e 100 decibéis para 15 minutos. 

Os 85 decibéis representa o barulho do trânsito nos horários de pico, quando estamos no carro. Indicativo de som de uma vuvuzela (um tipo de trombeta) representa 120 decibéis e não se deve ouvir som dessa intensidade por mais de nove segundos por dia, caso contrário, podem ocorrer danos irreversíveis à audição . Cada vez mais e mais pessoas jovens estão em risco de ter a audição danificada, deve-se saber que, quando a audição é perdida, não volta mais. A exposição prolongada a excessivos níveis de ruídos podem conduzir a irreversível perda de audição. O maior nível de ruído no local de trabalho não deve ultrapassar 85 decibéis para um máximo de oito horas por dia. Muitas pessoas que trabalham em casas noturnas, bares e eventos esportivos estão expostos a níveis elevados de ruído. A exposição a mais de 100 decibéis é comum nesses casos. De acordo com a OMS, o relatório afirma que "esses níveis de ruído não devem ser ouvidos por mais de um quarto de hora por dia. Em vista do Dia Internacional para Ouvido e audição, em 3 de Março, a OMS recomenda medidas de prevenção simples. Os adolescentes precisam baixar o som de dispositivos acústicos e os seus smartphones, e não usá-los por mais de uma hora por dia, usar tampões de ouvido quando estiverem em lojas barulhentas e faça pausas . Os governos devem impor normas rígidas sobre o ruído em locais públicos, acrescenta a OMS, que também pede que os proprietários de casas noturnas e bares para baixar o som da música para tornar-se mais tolerável. Aproximadamente 360 milhões de pessoas em todo o mundo têm agora distúrbios auditivos.


Postar um comentário

Regras dos comentários:
-Todos os comentários serão moderados
- Não xingue, não ofenda
- Pode deixar seu endereço de site ou blog, mas não o link do mesmo, obrigado.